Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

07
Mai18

Carta à minha filha que não morreu (Partir – 11)

Publicado por Mil Razões...

Park - Виктория Бородинова.jpg

Foto: Park - Виктория Бородинова

 

Deixaste-me num dia que não existiu. Sei-o agora, já fora do glaciar sem contornos onde tentei decifrar explicações para as minhas lágrimas tão ardentes – escrevendo, escrevendo, quase furiosamente, os mais doces poemas de amor. Sei-o agora, que o destino está mais perto, agora, que a paisagem me reconhece, agora, que a poesia me estranha. Agora, já certa de que o Céu é mais baixo e mais nítido do que eu pensava, e de que a Terra é um lugar de invisibilidades e de abismos.

 

Jamais partiste, meu amor. Aquele dia de dezembro, tomou-o o nevoeiro pela eternidade, decerto, e embrulhou-o em si, para sempre, como cobertor de papa que não sabe as mãos do tempo que o teceu. Na altura fiquei confusa, achei que te tinha perdido também, que tinhas sido escondida de mim, pelos fiapos espessos do nevoeiro. Dividi-me entre Terra e Céu, estiquei-me toda para ti, encolhi-me toda para amimar os teus irmãos, caí, voei, voltei a cair, caí tantas vezes, meu Deus. Fugi e voltei. Parti e perdi-me. Fiquei e parti-me. Ah, tantas vezes me parti!... Mas, sempre, sempre, consertada pelo amor dos teus irmãos, a mim regressava. E fui aprendendo, devagarinho, a serenar e a agradecer. E agora sei que sempre estive inteira – que nunca me partiste, meu amor...

 

Os filhos crescem, seguem as suas vidas, partem-nos. Os teus irmãos, tu sabes, tu vês, enchem-me a alma de amor e de orgulho. Enchem-me os olhos as suas asas e eu fico feliz por eles voarem... mas partem-me. Mas partem...

Tu ficaste. Sempre. Tu hás de ficar, sempre. Colada a mim pela humidade longínqua de um dia que não existiu. Tu ficaste, com a inocência feliz do teu riso. Com as flores frescas que nasceram nos teus olhos e que eu cuido, todos os dias. Com a leveza flexível do teu corpinho de anjo, que se agarra a mim como a brisa se abraça às rosas do maio. Com a melodia da tua voz pequenina, chamando-me, em urgência adocicada: “Mãe!”.

- Estou aqui, filha, estou aqui. Quando for para eu partir, partiremos juntas...

 

Teresa Teixeira

 

Porto | Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Helena Rosa

> Inês Ramos

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Maria João Enes

> Marisa Fernandes

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Calendário

Maio 2018

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigada por partilhar a sua experiência, muito si...

  • Anónimo

    Obrigada pelo seu comentário.Cumprimentos,Ermelind...

  • Anónimo

    eis o ponto ...belíssimo.E.J.

  • Anónimo

    ...*dessa opinião.Teresa Teixeira

  • Anónimo

    Partilho, inteiramente, essa opinião: aos olhos do...

Ligações

Candidatos a Articulistas

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde