Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

18
Abr16

Tempos de (ir)responsabilidade (Responsabilidade – 8)

Publicado por Mil Razões...

Woman-PublicDomainPictures.jpg

Foto: Woman – Public Domain Pictures

 

Há pouco tempo, numa das tantas viagens pelo mundo imenso que é a Internet deparei-me com uma daquelas frases cliché que toda a gente partilha nas redes sociais: “A falta de responsabilidade de uns acaba por atrapalhar a responsabilidade de outros”. Acabou por dar o mote a este texto. Porquê? Porque há algo, ultimamente, que me tem inquietado o pensamento, fruto também da minha vivência no mercado de trabalho.

 

Numa vivência em comunidade e em sociedade, como é a nossa, o relacionamento com o(s) outro(s) é fundamental e imprescindível. Mas se assim é, como podem existir pessoas que não se importam com a forma como as suas atitudes, decisões e comportamentos afetam a vida dos que lhe são próximos?

Como pode haver quem consiga deitar a cabeça na almofada, à noite, e dormir descansado e tranquilamente quando, por exemplo, não paga aos seus funcionários? Quando sujeitam os trabalhadores a situações de trabalho precárias, muitas vezes, demasiadas vezes, utilizando o argumento “crise”, que vai servindo para tudo, para justificar uma má gestão e administração? É o vale tudo? Como pode uma pessoa ser tão inconsciente da consciência de outro ser humano?

Pois eu tenho bastante dificuldade em compreender como alguém, que sujeita outrem a tal, consegue conviver consigo mesmo. Continuo a ter dificuldade em compreender como alguém não tem consciência da sua irresponsabilidade perante os outros.

 

Extra questões laborais: Se a nossa vivência é em comunidade, se vivemos em sociedade, não deveríamos nós olhar mais para o vizinho do lado, para as pessoas que nos rodeiam? Cada um de nós tem as suas responsabilidades, mas muitas vezes esquece-se que a sua (ir)responsabilidade afeta, direta ou indiretamente, a responsabilidade dos outros.

 

Sandra Sousa

 

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • Teresa Teixeira

    Marta. Esse seu comentário foi tão ao fundo da rev...

  • Aldina

    "Se é forçoso estar oculto, aspira-se a que nos de...

  • marta

    Os lábios da Sabedoria estão fechados, excepto aos...

  • Samuel

    … "não me coube em herança qualquer Deus, nem pont...

  • Cidália Carvalho

    Brutalmente fantástico!

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde