Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

09
Mar14

Os valores e a bolsa (Valores – 10)

Publicado por Mil Razões...

 

Estamos numa daquelas épocas, tendo em conta o nosso referencial ocidental, em que as dúvidas são muitas, os paradigmas não são sólidos, ameaçando desmoronar-se. É costume, penso, recorrer-se ao fim do Império Romano do Ocidente ou, talvez menos, ao final do século XVIII, quando nos queremos referir, exemplificando, ao final de uma época, à refundação de modos de vida. Estamos a falar de eras em que houve dissolução de costumes, exageros, portanto de abandalhamento, bandalheira.

Sintetizando: quando se vive, dizendo-o em duas palavras, uma crise valores.

Estamos aqui a falar de valores éticos, estéticos, religiosos, morais, políticos, através dos quais as pessoas, individualmente e em sociedade, fazem escolhas, opções.

Perante os factos da vida e para tomarmos opções, usamos critérios, uma hierarquia de valores que nos permitem, na nossa circunstância, tomar decisões.

Pois é, aqui vem a rasteira que não me é possível evitar. Ela faz-me tropeçar na duplicidade de significados dos “valores”, pois a eles também as pessoas se referem quando são imobiliários, mobiliários, transacionáveis em Bolsa.

Será que, no limite, a questão dos valores, hoje por hoje, tende a resumir-se ao recheio da bolsa?

 

Jorge Saraiva

 

3 Comentários

Comentar Artigo

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • Fernando Couto

    Como se não nos bastassem os pesadelos criados pel...

  • marta

    ...e o pesadelo continua...

  • marta

    Uma pintura para a compaixão que este texto merece...

  • marta

    Um texto verdadeiramente Verdade...obrigada....e e...

  • Anónimo

    Oh, minha querida. Nunca saberei a dimensão da tua...

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde