Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

10
Out16

Estirpe (Herança – 4)

Publicado por Mil Razões...

Father-Ambermb.jpg

Foto: Father - Ambermb

 

O vazio...

A natureza tem horror ao vazio, mais que horror, não suporta o vazio, qualquer espaço que deixe de ser ocupado, mais ou menos rapidamente volta a sê-lo, mesmo que de outro modo ou por outra entidade.

Quero falar de herança, legado, algo que em primeira impressão me remete para a morte, para os bens que passam de geração em geração, frequentemente de pais para filhos.

Quero falar, não dessa herança – importante que pode ser – mas de outra, da hereditariedade, não, ainda, exatamente da de sangue, física, genes, parecenças, semelhanças físicas, mas da do exemplo, do comportamento, das orientações, das vivências, do que se vai inculcando e nos vai ajudando a enformar o nosso ser, para além do parecer.

 

O meu pai morreu quando eu tinha 9 anos, a doença do último ano e tal, os tratamentos no estrangeiro, não permitiram mais convívio do que o que tivemos até aos meus sete anos.

Agora quero lamentar-me: não herdei o mais importante do meu pai, seria muito mais rico, tenho a certeza, se tal tivesse sido possível. A vida, a morte, não me permitiu ser seu herdeiro como poderia ter sido; o que me apetece dizer é, como deveria ter sido.

Ficaram-me algumas, demasiado poucas, memórias. Retive as histórias que tanta gente me foi e ainda vai contando. São boas de ouvir, mas não é a mesma coisa!

Claro que a natureza afasta o vazio, absorvi outros exemplos, outros tipos de comportamento, a minha mãe, tios, transmitiram-me valores, preencheram-me.

Não tive, foi a herança mais importante do meu pai.

 

Jorge Saraiva

 

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    estou me sentido muito mal com td isso parece que ...

  • Fernando Couto

    Como se não nos bastassem os pesadelos criados pel...

  • marta

    ...e o pesadelo continua...

  • marta

    Uma pintura para a compaixão que este texto merece...

  • marta

    Um texto verdadeiramente Verdade...obrigada....e e...

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde