Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

24
Jan14

Ensinar sem intervalos (Intervalo… - 10)

Publicado por Mil Razões...

 

O som estridente da campainha fez-se ouvir à hora e ao minuto esperados. Seguiu-se o habitual burburinho que pontuava o final de uma aula e os corredores encheram-se de um movimento repentino e caótico. Mas houve uma exceção naquele dia.

Na sala do professor Borges, conhecido pelas suas ideias excêntricas, os alunos permaneceram na sala, imóveis, calados e de olhos fechados. O professor dedicara a aula ao tema da reflexão e pedira aos seus alunos que prescindissem do tempo de recreio para pensarem sobre o passado, o presente e o futuro. “O recreio seria o intervalo entre o passado (esta aula) e o futuro (a próxima aula). Pensem nisso durante 15 minutos. Falaremos disso na aula seguinte. Peço-vos”.

 

- Claro que sim, João, podes começar tu.

- Eu penso que o presente é sempre um intervalo. Se estou a jantar, estou no intervalo entre a minha vontade de comer e a digestão. Se estou a fazer a digestão, estou no intervalo que me levará à próxima vontade de comer. É assim que eu penso.

- Muito bem, João, muito bem explicado. Sim, tu, Mário, o que nos tens a dizer?

- Eu acho que o intervalo é o que nos liga o passado ao futuro. Temos um passado e agora estamos a passar pelo intervalo que nos vai levar ao futuro que nos espera.

- Sim, Alberto.

- Eu não concordo com o Mário.

- Porquê?

- Porque o passado já passou e o futuro ainda não existe. E o intervalo, o presente, é que vai ditar qual será o futuro.

- Como?

- Escolhendo o que fazer no presente para termos o futuro que desejamos. Poderíamos ter ido para o recreio para mais umas correrias, mas ficamos na sala a refletir. Assim, o nosso futuro poderá vir a ser um pouco melhor.

- Obrigado a todos. Estou, mais uma vez, orgulhoso dos meus alunos. Faltam vinte minutos para acabar a aula, mas estão dispensados. Podem ir correr para o recreio porque é tão importante refletir como correr e saltar. Já agora, a próxima aula será sobre o tema da… depois eu digo. Vão correr e saltar e gritar.

A voz embargada do professor Borges denunciava a emoção que sentia. Eram momentos como aquele que confirmavam a escolha que fizera há muitos anos atrás e o convenciam que a melhor avaliação dos professores, a única verdadeiramente válida, é feita pelos alunos.      

 

José Quelhas Lima

 

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Helena Rosa

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Maria João Enes

> Miriam Pacheco

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Comentários recentes

Ligações

Candidatos a Articulistas

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde