Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

08
Mai17

Amar é estar presente (Amor – 16)

Publicado por Mil Razões...

Couple-DimitrisVetsikas.jpg

Foto: Couple – Dimitris Vetsikas

 

“A maior solidão é a do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana. A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo, o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.”

Vinícius de Moraes; “Para Viver um Grande Amor” (Companhia das Letras)

 

Não há uma definição única do que é o amor. Acho que cada um ama à sua maneira. Posso dizer o que é o amor para mim e ainda assim, tenho certeza que essa conceção foi mudando com o tempo e com as experiências da vida.

Na adolescência somos tomados abruptamente e arrebatados pelo amor romântico (quando não platônico) e acreditamos que jamais seremos capazes de amar alguém com a intensidade que amamos o primeiro amor, ainda que nem saibamos bem quem aquela pessoa era de verdade. À medida que vamos nos relacionando com as pessoas e com o mundo, podemos experimentar diferentes formas de amor (e de amar) e como esse sentimento se manifesta na vida de cada um. Acho muito comum dizer que não existe amor maior que amor de mãe, mas não é todo mundo que tem a sorte de experimentá-lo. 

Hoje, para mim, amar é estar presente. É acolher, cuidar e compartilhar o que se tem. É fazer parte da vida de quem se ama por escolha e não por obrigação. É gostar de estar junto, simplesmente por estar e poder lembrar como esse momento compartilhado é precioso. Independente se for um amor entre amigos, entre amantes, entre pais e filhos, entre humanos e seus bichos. Independente dos rótulos sociais todos e das fotos publicadas em Facebook. O mais importante é realmente compartilhar a vida com quem se ama.

 

Leticia Silva

 

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    estou me sentido muito mal com td isso parece que ...

  • Fernando Couto

    Como se não nos bastassem os pesadelos criados pel...

  • marta

    ...e o pesadelo continua...

  • marta

    Uma pintura para a compaixão que este texto merece...

  • marta

    Um texto verdadeiramente Verdade...obrigada....e e...

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde