Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

13
Jul12

Este país não é para loucos (Saúde mental – 4)

Publicado por Mil Razões...

 

Há qualquer coisa de profundamente errado neste quadro: este país à beira-mar plantado, com excelentes condições climatéricas, gastronómicas e culturais, definha de dia para dia. Sente-se a aproximação silenciosa de uma espécie de nuvem negra, de um nevoeiro cada vez mais denso, mais enxofrado e fétido.

Temos tudo para termos tudo mas falta-nos tanta coisa. Temos brandos modos e modos de brandura que enervam. Temos gente boa e gente que, de tão boa que é, até enerva.

Temos bons pais, bons filhos, bons amigos, bons profissionais, bons… Temos tanta coisa boa… Mas isto não anda. Nem vejo jeitos de andar.

Enervam-me os putos malcriados que não querem nada da vida, nem deixam que outros queiram. Enervam-me os putos gordos que se deixam engordar sob o olhar parcimonioso e protetor dos pais.

Mas enerva-me mais saber que os putos são aquilo que os adultos deixam que eles sejam. E enerva-me mais ainda a ideia de que um dia esses putos serão os adultos que perpetuarão a má-criação e a engorda.

E nenhum brando modo trava isto.

É preciso uma boa dose de loucura para dar um murro na mesa. Seria um desrespeito pelos bons costumes deste país tão bem plantado à beira-mar.

Que nos vejam o rabo. Antes isso que dar um murro na mesa.

Antes parvo que louco.

Brandos modos é o "quero lá saber!" dos coitadinhos.

Depois logo se vê. Qualquer coisa surgirá. O que nos remete para o outro lado do "quero lá saber!": "o desenrasca".

Preparação para quê? Eu desenrasco-me.

Este país não é para loucos. É para gente boa. Para gente boa com o rabo à vista.

 

Joel Cunha

 

2 Comentários

Comentar Artigo

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • marta

    Uma pintura para a compaixão que este texto merece...

  • marta

    Um texto verdadeiramente Verdade...obrigada....e e...

  • Anónimo

    Oh, minha querida. Nunca saberei a dimensão da tua...

  • Anónimo

    Ana, deve ser tão difícil...a experiência de morte...

  • Paulo Das Neves

    Alucinante e envolvente...muito bom!

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde