Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

13
Nov08

Sobre a Eutanásia

Publicado por Mil Razões...

 
Venho ao blog para vos desafiar a discutir o tema da Eutanásia.
 
Vem este desafio a propósito de uma notícia que acabei de ver na televisão:
Uma menina de 13 anos tem leucemia e desde muito pequena que faz quimioterapia. Uma complicação no coração e os médicos dão-lhe seis meses de vida. Existe uma possibilidade de prolongar este período se se fizer um transplante do coração.
A menina recusa tal operação.
 
A protecção de menores moveu uma acção para retirar a menina aos pais, penso que por acharem que eram os pais a recusarem a operação. O juiz depois de ouvir a menor reconheceu-lhe autonomia para decidir sobre o seu futuro.
 
Na televisão a jovem explica as suas razões que, resumidamente, se prendem com o facto de estar cansada de sofrer e não querer prolongar esse sofrimento.
 
A mim, impressionou-me a maturidade com que a menina defende o seu ponto de vista e, fazendo eu voluntariado no sentido da defesa do bem Vida, nem por isso deixei de sentir um enorme carinho pela menina que tranquilamente apela para que a deixem morrer.
 
Mas, esta concepção não abrirá precedentes que, sendo aceitáveis nuns casos poderão ser decisões de grande leviandade noutros?
 
E quem poderá ajuizar da aceitabilidade de uns ou outros casos?
 
Ser contra a eutanásia não é deixar de compreender e de certo modo julgar aqueles que sem coragem para continuar puseram fim a uma tortura?
 
Por outro lado, todos nós conhecemos casos de pessoas que aprenderam a lidar com estados físicos de grande limitação e sofrimento e, confessam que no início só queriam era morrer...
 
Não se mataram porque não tinham os meios à mão...
 
E se alguém lhes tivesse feito esse "favor"? Já não estariam cá para nos darem o testemunho de coragem e de conquista que pauta o dia a dia dessas pessoas.
 
A morte assistida é muitas vezes defendida por questões de dignidade. Dignidade na hora da morte. Mas viver numa cama é indigno?
 
Interrogações minhas que estou bem de saúde.
 
Cidália Carvalho
 

5 Comentários

Comentar Artigo

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • marta

    Uma pintura para a compaixão que este texto merece...

  • marta

    Um texto verdadeiramente Verdade...obrigada....e e...

  • Anónimo

    Oh, minha querida. Nunca saberei a dimensão da tua...

  • Anónimo

    Ana, deve ser tão difícil...a experiência de morte...

  • Paulo Das Neves

    Alucinante e envolvente...muito bom!

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde