Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

06
Out09

Que dizes? (Incapacidades – 3)

Publicado por Mil Razões...

 

Estou aqui a olhar para ti. Olha para mim também, por favor, quero saber o que estás a dizer.
Estás tão habituado a ver-me ser auto-suficiente que te esqueces. Esqueces-te de que não te ouço. Sabes bem que esta diferença nunca me parou, nunca me derrubou, e acho que nem te lembras que existe. Mas está aqui.
Eu já nasci assim e por isso, isto para mim não é uma incapacidade, é uma diferença. Obrigou-me a ser criativa, a descobrir como superar obstáculos que para ti não existem. Eu tenho de contornar obstáculos físicos e isso ensinou-me a superar os obstáculos psicológicos.
E ensinou-me a rir, a perceber o poder do sentido de humor.
De vez em quando até dá jeito. Há coisas que é mesmo melhor não ouvirmos.
O Mundo não faz um grande esforço para se adaptar a mim, tive que ser eu a descobrir como adaptar-me a ele. Mas isso não acontece só aos surdos, pois não? Acontece aos que não podem ver, ou falar, ou andar. Acontece aos que mostram diferenças, físicas ou psicológicas. Acontece aos homossexuais, aos muito gordos, muito baixos... acontece a tanta gente que se nos juntássemos todos, os ditos “normais” é que ficavam em apuros.
Mas é mesmo assim, há os olhares de curiosidade, de pena, de desprezo. Isso também nunca me afectou muito, é um problema deles, não meu. Eu construi a minha vida, cresci mais forte e mais determinada. Eu vivo bem com este silêncio. Pelo menos na maior parte do tempo.
Mas por vezes... às vezes é difícil. Penso como seria ouvir um pássaro a cantar, as ondas a bater na praia, distinguir sotaques. Penso como seria ouvir a música enquanto danço. Ou emocionar-me até às lágrimas a ouvir uma área de Ópera.
E sobretudo, penso como seria ouvir-te quando dizes que me amas, ou a voz do nosso filho quando diz “mãe”.
 

Dora Cabral

 

1 Comentário

Comentar Artigo

Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Ana Bessa Martins

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Leticia Silva

> Maria João Enes

> Miriam Pacheco

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Calendário

Outubro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Comentários recentes

  • Alexandra Vaz

    Obrigada eu, pela partilha. Forte abraço.

  • Anónimo

    Obrigada pelo seu contributo nesta empreitada de d...

  • Anónimo

    Uma pincelada de amarelo, pelo respeito de quem de...

  • Anónimo

    Mais um texto que mexeu comigo. Maravilhoso. Obrig...

  • Mil Razões...

    As redes sociais não são uma ajuda clínica. Quando...

Ligações

Candidatos a Articulistas

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde