Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

06
Nov12

Intangível (Sonhos – 11)

Publicado por Mil Razões...

 

- O que tenho quando já nada tenho? O que resta quando já nada resta? O que posso quando já nada posso?

E dito isto, em voz baixa, deixou-se escorregar encostado à parede fria até sentir o chão, e sentou-se na terra. O olhar continuou estendido até à torre da guarda que brilhava lá longe e alta, sobranceira. Cruzou os braços sobre os joelhos fletidos e sobre eles pousou a cabeça. Ficou imóvel, respirava lentamente, com a serenidade de quem é senhor da sua certeza. E pensou:

- O que podem tirar mais? Nada mais podem tirar! Nada mais há para tirar! Prenderam, humilharam, insultaram, cuspiram, fustigaram, feriram, maltrataram, torturaram. Injustiçaram, falsearam, mentiram, esconderam, expulsaram, extraditaram, expuseram, roubaram, destruíram. Enganaram e condicionaram. Mas aos meus sonhos, nunca, nunca, conseguirão chegar. Eu sou os meus sonhos, no que sou de mais livre, resistente, temerário e heroico. Os meus sonhos são o meu espírito, as minhas emoções, o meu refúgio, a minha motivação e a minha força, o meu querer e o me poder. São o meu grito de revolta, a expressão intacta da minha dignidade. Sobrevivo graças aos sonhos e vivo por eles.

Continuou imóvel, sentado com a cabeça pousada sobre os braços, a sonhar, a ser Homem.

 

Fernando Couto

Foto: Campo Auschwitz I


Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Ana Bessa Martins

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Leticia Silva

> Maria João Enes

> Miriam Pacheco

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigada pelo seu contributo nesta empreitada de d...

  • Anónimo

    Uma pincelada de amarelo, pelo respeito de quem de...

  • Anónimo

    Mais um texto que mexeu comigo. Maravilhoso. Obrig...

  • Mil Razões...

    As redes sociais não são uma ajuda clínica. Quando...

  • Anónimo

    Tem algum grupo em alguma rede social para acabar ...

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde