Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mil Razões...

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

O quotidiano e a nossa saúde emocional e mental.

Destaque

Amigos do Ziki - Uma ferramenta para o pré-escolar.

08
Jan13

Causa ou consequência (O que fazer? – 3)

Publicado por Mil Razões...

 

O que fazer?

Colocar, colocarmo-nos, esta pergunta pode já ser um bom sinal, pois pressupõe intenções de ação numa determinada circunstância. A questão terá como razão de ser e ponto de partida que quem a faz se põe, a si na circunstância, em causa, como potencial ator e não como uma mera consequência.

A pergunta é tão mais importante e atual quanto nós, que vivemos em Portugal, estamos a ver tudo à nossa volta em risco de se desmoronar, perdendo-se a esperança, as referências, os horizontes que teríamos como seguros e estáveis.

Consciente ou inconscientemente, o ambiente que nos rodeia – a começar e a acabar na generalidade dos órgãos de comunicação social – pode levar-nos a desistir, subjugados com mais ou menos queixas, descoroçoados com mais ou menos revolta, remetendo-nos para um ‘estatuto’ de consequência (quase que como), mero fruto das circunstâncias.

Não é uma questão de pretendermos ser heróis quixotescos, nem tartarugas encolhidas dentro da carapaça perante as intempéries.

Antes, será um posicionamento perante as circunstâncias em que nos vemos como causa, perguntando: perante isto, o que me cabe a mim fazer?

Quanto mais nos responsabilizarmos a nós próprios (não, não estou vagamente a falar de sentimentos de culpa, não é isso) como entidades capazes de fazer (o quê, como, quando), mais facilmente nos libertaremos, individual e colectivamente, da etiqueta e da condição de coitadinhos, dependentes da proteção e da orientação de um qualquer chapéu-de-chuva, perante o qual de outra maneira não deixaremos de ser reverentes e obrigados.

 

Jorge Saraiva (articulista convidado)


Porto | PORTUGAL

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    estou me sentido muito mal com td isso parece que ...

  • Fernando Couto

    Como se não nos bastassem os pesadelos criados pel...

  • marta

    ...e o pesadelo continua...

  • marta

    Uma pintura para a compaixão que este texto merece...

  • marta

    Um texto verdadeiramente Verdade...obrigada....e e...

Links

Amigos do Mil Razões...

Apoio emocional

Promoção da saúde